segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Como se faz??

Afinal do que são feitos?
As vezes quando me perco em devaneios acho que são feitos de algodão, são feitos de promessas, feitos atos heróicos, feitos de pura felicidade.
Mas então volto para o mundo real, e vejo a maneira como estão sendo feitos, de mentiras, falsas promessas, feitos apenas de idealizações, sem muitas realizações, isso quando os deixamos ser feitos em vez de ter medo de molda -los.
Paro por um instante e me pergunto, o que há de errado com a minha forma de fazer?
Não acredito realmente que sejam feitos de algodão, promessas e pura felicidade, tão pouco acredito que sejam feitos de mentiras e medo...
Acredito que sejam feitos em base de total confiança, moldado com diálogos, conservados em carinho, alimentados de admiração e mantido eternamente com amizade e amor...
É algo que nos envolvemos ao fazer, algo de que nos sentimos bem fazendo, algo que só devemos fazer se for da maneira certa, se for pra fazer dar certo, caso contrario não faremos direito...
É disso que são feitos os relacionamentos, eles não são contratos de exclusividade, mas o companherísmo os faz exclusivos, eles não são promessas não cumpridas, são realizações conjuntas, não tem o ciumes como guia, mas quem ama cuida, não substitui pessoas, acrescenta, não cobra, recebe de bom grado...


Uma vez me disseram que ao não exigir nada de alguém, esperamos pelo menos o mínimo, e não nada!
Faz sentido!! ;)

Um comentário:

  1. Bom dia.

    Um salmo, sem motivo especifico por ter deixado no seu blogger, mas especifico para que leia as Escrituras de Deus, pois ela sempre fala ao nosso ser.

    SALMO 16
    1 GUARDA-ME, ó Deus, porque em ti confio.
    2 A minha alma disse ao SENHOR: Tu és o meu Senhor, a minha bondade não chega à tua presença,
    3 Mas aos santos que estão na terra, e aos ilustres em quem está todo o meu prazer.
    4 As dores se multiplicarão àqueles que fazem oferendas a outro deus; eu não oferecerei as suas libações de sangue, nem tomarei os seus nomes nos meus lábios.
    5 O SENHOR é a porção da minha herança e do meu cálice; tu sustentas a minha sorte.
    6 As linhas caem-me em lugares deliciosos: sim, coube-me uma formosa herança.
    7 Louvarei ao SENHOR que me aconselhou; até os meus rins me ensinam de noite.
    8 Tenho posto o SENHOR continuamente diante de mim; por isso que ele está à minha mão direita, nunca vacilarei.
    9 Portanto está alegre o meu coração e se regozija a minha glória; também a minha carne repousará segura.
    10 Pois não deixarás a minha alma no inferno, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção.
    11 Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente.

    Abraços
    Jesus Cristo te Ama!

    ResponderExcluir